Moscovo impulsionou as exportações de bens infantis para 34 milhões de dólares
2021-09-02 02:13

Moscovo impulsionou as exportações de bens infantis para 34 milhões de dólares

Moscou, no primeiro semestre de 2021, aumentou as exportações de bens infantis de 28,53 milhões de dólares para 34,72 milhões de dólares. Isto foi relatado pelo vice-prefeito de Moscou sobre Política Econômica e Propriedade e Relações Fundiárias Vladimir Efimov.

"As empresas metropolitanas exportadoras de bens infantis nos últimos anos conseguiram reforçar significativamente a sua posição nos mercados estrangeiros. No primeiro semestre de 2021, o volume de exportação atingiu US$ 34,72 milhões e superou não apenas o mesmo indicador no ano passado em uma vez e meia, mas também o volume de exportação de bens infantis no primeiro semestre de 2019, quando foi de US$ 28,53 milhões", disse Yefimov.

Ele observou que o capital é o líder neste segmento - a participação de Moscou nas exportações de bens infantis de toda a Rússia foi de quase 37%.

Na estrutura de exportação a maior parte pertence aos brinquedos - 24,71 milhões de dólares, o restante é dividido entre artigos de papelaria e produtos volumosos, como assentos de segurança e andadores.

Vale ressaltar que a geografia das exportações também se expandiu este ano. Se em 2020, durante o mesmo período, os fornecimentos foram enviados para 41 países, este ano - já para 60 países. Os três principais compradores são o Cazaquistão, a Bielorrússia e a Bélgica.

Made in Russia / Made in Russia

Autor: Maria Buzanakova